Banco de Leite Humano da MDV e UNIVILLE no PPSUS

Em 2010, a Fundação de Apoio à Pesquisa Científica e Tecnológica do Estado de Santa Catarina – FAPESC, em parceria com o Ministério da Saúde/MS, com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico/CNPq, com a Secretaria de Estado da Saúde – SES/SC e com o Governo do Estado de Santa Catarina, convidou pesquisadores a apresentarem projetos de pesquisa, no âmbito do Programa Pesquisa para o SUS: gestão compartilhada em saúde (PPSUS). O objetivo geral do PPSUS é apoiar financeiramente o desenvolvimento de pesquisas que visem contribuir para resolução dos problemas prioritários de saúde da população brasileira e para o fortalecimento da gestão do Sistema Único de Saúde. Além disso, visa a redução das desigualdades regionais na área da saúde, apoiando atividades de pesquisa científica, tecnológica ou de inovação, mediante a seleção de propostas para apoio financeiro a projetos que visem promover o desenvolvimento científico, tecnológico ou de inovação da área de saúde, em temas prioritários para o SUS em Santa Catarina. A Maternidade Darcy Vargas, em parceria com a Universidade da Região de Joinville (UNIVILLE), foi contemplada nesta chamada pública na Faixa C, com o projeto “BANCO DE LEITE HUMANO – ação exemplar a favor da amamentação”, de autoria dos pesquisadores Dra. Maria Beatriz R. do Nascimento, Dr. Marco A. Moura Reis e Enfermeira Márcia Rovaris. A pesquisa envolve, ainda, a equipe do Banco de Leite e três alunas de iniciação científica. Este projeto tem por objetivo proceder a avaliação das doadoras de leite materno e a qualidade do leite humano coletado no Banco de Leite Humano da Maternidade Darcy Vargas, no município de Joinville (SC), que é o centro de referência estadual da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano do Ministério da Saúde. O conhecimento do perfil de doadoras e da qualidade do processamento do leite humano doado servirá de base à otimização da produtividade do banco de leite, com vistas à melhoria da tecnologia de alimentos aplicada nestes serviços e, especialmente, aumento da captação de doadoras e do volume de leite doado. Por ser centro de referência estadual, os resultados da pesquisa realizada na Maternidade Darcy Vargas também poderão servir de ferramenta de melhoria da qualificação dos outros onze bancos de leite do Estado, e de base para a criação de estratégia de amplificação de seu papel assistencial. Já foi disponibilizada verba destinada ao financiamento de itens de custeio e capital, que permitiu a compra de equipamentos e material permanente para modernizar o Banco de Leite. Foram adquiridos forno de microondas, refrigerador duplex, freezer vertical (4 unidades), um banho maria para pasteurização, um deionizador, 100 frascos de polipropileno graduado com tampa, bombas tira-leite elétrica (4 unidades com acessórios), 1000 frascos de vidro com tampa plástica rosqueável. Estão sendo aguardados três acidímetros de Dornic. O BLH da Maternidade Darcy Vargas foi criado em 1980, e é referência estadual desde 30/04/1999. No primeiro semestre de 2010, a média mensal de atendimentos em grupo foi de 29 pessoas, e de individuais foi de 1787. Foram realizadas, em média, 107 visitas domiciliares a cada mês, para 55 doadoras, com coleta de 95 litros, e distribuição de 62 litros de leite humano para 49 neonatos de risco.

Anúncios