UNICEF e Ministério da Saúde lançam Guia dos Direitos da Gestante e do Bebê

Cartilha orienta gestantes sobre seus direitos – Para ter acesso clique aqui: ‘Guia dos Direitos da Gestante e do Bebê’

UNICEF e Ministério da Saúde lançam ‘Guia dos Direitos da Gestante e do Bebê’. Segundo o Sr. Alexandre Padilha atual ministro da Saúde é de suma importância que todas as gestantes do Brasil, bem como as suas famílias saibam dos direitos que têm desde o pré-natal, passando pela assistência ao parto, o desenvolvimento e crescimento da criança até os dois anos de idade.

O ‘Guia dos Direitos da Gestante e do Bebê’ tem ilustrações do cartunista Ziraldo, e destaca a importância da amamentação na redução da taxa de mortalidade infantil no Brasil e no mundo. Lembrando sempre que o ato de amamentar protege a crianças de inúmeras doenças infecciosas, dado que o bebê recebe através do leite materno anticorpos que ajudam na defesa contra diversos vírus.

Atualmente, apenas 41% dos bebês menores de seis meses no país são alimentados exclusivamente com leite materno, de acordo com dados do Ministério da Saúde. O Brasil tem como objetivo chegar a uma taxa de 80% de aleitamento materno exclusivo. Para tanto é importante também que as empresas participem desta campanha, extendendo a licença maternidade de 4 para 6 meses.

A divulgação do Guia passa pela distribuição de cartazes e folhetos pelas Sociedades de Pediatria dos estados e do Distrito Federal, pelas secretarias estaduais e municipais de Saúde, divulgando a campanha e o ‘Guia dos Direitos da Gestante e do Bebê’.

No guia serão abordados temas como:
* Direitos da gestante e do bebê;
* Direito ao pré-natal de qualidade;
* Direito ao parto humanizado e assistência de qualidade;
* Como garantir os seus direitos e outros.

Anúncios